::UM POUCO DE MIM::

Sombradosol


Sou um homem que a minha história de vida tem pouco de mim e muito dos outros. Ela está fragmentada no olhar dos que me olham, na voz dos que me falam, no enredo dos que me narram, nos sentimentos dos que me amam, nas flores que cultivo ao longo de minha caminhada. E como a vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas. Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos





PRESENTINHO PELOS 10000VISITAS AO MEU BLOG,SOMBRA DO SOL AGRADECE A TODOS OS AMIGOS







::AWARD::








Destaque blog do ano de 2007

Sombradosol





::PARTICIPO::

Sombradosol



 




::BLOGS QUE VISITO::


Sombradosol


  • ::Amigosdabloglosfera::
  • ::Afueravivianacanosa::
  • ::Aguas vivas::
  • ::Aliciante::
  • ::Amigona sempre::
  • ::Amizades e flores::
  • ::Assuntos etc::
  • ::Belas coisas da vida::
  • ::Blairponjinha::
  • ::Bloggdaro::
  • ::Blog do Ronald::
  • ::Blog entre amigos::
  • ::
  • Blue rosa::
  • ::Boas-energias::
  • ::Borboleta azul da noite::
  • ::Borboletakaka::
  • ::Bruna-testandotudo::
  • ::Caderninho-da-lucia::
  • ::Cadinhoroco::
  • ::Cantinho aconchegante::
  • ::Cantinho caro::
  • ::Cantinho da bibiu::
  • ::Canto-da-sol::
  • ::Cara-nova::
  • ::Casal de lobos3::
  • ::Casinha da luci::
  • ::Clarins da alvorada::
  • ::Daysbypati::
  • ::Deteshalom2::
  • ::Dvanircatunda::
  • ::Edi_suely::
  • ::Elane-rebelo::
  • ::Enfdocinho::
  • ::Espiritizar::
  • ::Evr.russo::
  • ::Eu eo renascer das cinzas::
  • ::Fadinha.cintilante::
  • ::Fascinius angels::
  • ::Flavia vivendo em coma::
  • ::Fonte amor::
  • ::Gotinhas de luz2::
  • ::Gracielaroth::
  • ::Helpsmimostar::
  • ::Iuminando nossos dias::
  • ::Jardim das flores::
  • ::Kaferoceiro::
  • ::Kekko::
  • ::Konoyaro::
  • ::Lavanderia virtual::
  • ::Leticia lo coelho::
  • ::Lua em poemas
  • ::Luz de luma::
  • ::Mariana::
  • ::Marlames::
  • ::Marymix::
  • ::Musicas do coracao::
  • ::Nadja::
  • ::Ne musicas do coracaoidecs::
  • ::O apanhador desonhos::
  • ::Ocanto da sol::
  • ::Osuivosdaloba::
  • ::Palavras soltas ao luar::
  • ::Paraler e pensar::
  • ::Pegasus cavalo alado::
  • ::Pensamentos e fotos::
  • ::Planeta da luanna::
  • ::Pmauriciosilva::
  • ::Recantodoamor1::
  • ::Reissmc-es::
  • ::Ressacadihomi::
  • ::Ro.kitabayashi::
  • ::Rosacc60::
  • ::Samuelrolo::
  • ::Sex-appeal::
  • ::Solhoffmann::
  • ::Sombrasdesilencio::
  • ::Soninhafashion::
  • ::Srferreira::
  • ::Stylos13::
  • ::Sulamemacedo::
  • ::Tocadojens
  • .

    .





    ::Histórico::


    - 13/03/2016 a 19/03/2016
    - 14/02/2016 a 20/02/2016
    - 23/01/2011 a 29/01/2011
    - 02/01/2011 a 08/01/2011
    - 26/12/2010 a 01/01/2011
    - 19/12/2010 a 25/12/2010
    - 12/12/2010 a 18/12/2010
    - 05/12/2010 a 11/12/2010
    - 27/12/2009 a 02/01/2010
    - 23/08/2009 a 29/08/2009
    - 26/07/2009 a 01/08/2009
    - 19/07/2009 a 25/07/2009
    - 19/04/2009 a 25/04/2009
    - 08/03/2009 a 14/03/2009
    - 16/11/2008 a 22/11/2008
    - 09/11/2008 a 15/11/2008
    - 02/11/2008 a 08/11/2008
    - 27/07/2008 a 02/08/2008
    - 22/06/2008 a 28/06/2008
    - 11/05/2008 a 17/05/2008
    - 20/04/2008 a 26/04/2008
    - 13/04/2008 a 19/04/2008
    - 06/04/2008 a 12/04/2008
    - 30/03/2008 a 05/04/2008
    - 23/03/2008 a 29/03/2008
    - 16/03/2008 a 22/03/2008
    - 09/03/2008 a 15/03/2008
    - 02/03/2008 a 08/03/2008
    - 24/02/2008 a 01/03/2008
    - 17/02/2008 a 23/02/2008
    - 10/02/2008 a 16/02/2008
    - 03/02/2008 a 09/02/2008
    - 27/01/2008 a 02/02/2008
    - 20/01/2008 a 26/01/2008
    - 13/01/2008 a 19/01/2008
    - 06/01/2008 a 12/01/2008
    - 30/12/2007 a 05/01/2008
    - 23/12/2007 a 29/12/2007
    - 16/12/2007 a 22/12/2007
    - 09/12/2007 a 15/12/2007
    - 02/12/2007 a 08/12/2007
    - 25/11/2007 a 01/12/2007
    - 18/11/2007 a 24/11/2007




    Outros sites:

    - UOL - O melhor conteúdo
    - BOL - E-mail grátis


    Votação:

    - Dê uma nota para meu blog


    Indique esse Blog


    eXTReMe Tracker
    online



    Código html:
    Cristiny On Line



    Dá-me a tua mão

    Clarice Lispector 

    Dá-me a tua mão:
    Vou agora te contar
    como entrei no inexpressivo
    que sempre foi a minha busca cega e secreta.


    De como entrei
    naquilo que existe entre o número um e o número dois,
    de como vi a linha de mistério e fogo,
    e que é linha sub-reptícia.


    Entre duas notas de música existe uma nota,
    entre dois fatos existe um fato,
    entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
    existe um intervalo de espaço,
    existe um sentir que é entre o sentir
    - nos interstícios da matéria primordial
    está a linha de mistério e fogo
    que é a respiração do mundo,
    e a respiração contínua do mundo
    é aquilo que ouvimos
    e chamamos de silêncio.



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






     

            Murmúrios da tarde


    Ontem à tarde, quando o sol morria,
    A natureza era um poema santo,
    De cada moita a escuridão saía,
    De cada gruta rebentava um canto,
    Ontem à tarde, quando o sol morria.

    Do céu azul na profundeza escura
    Brilhava a estrela, como um fruto louro,
    E qual a foice, que no chão fulgura,
    Mostrava a lua o semicirc'lo d'ouro,
    Do céu azul na profundeza escura.

    Larga harmonia embalsamava os ares!
    Cantava o ninho — suspirava o lago...
    E a verde pluma dos sutis palmares
    Tinha das ondas o murmúrio vago...
    Larga harmonia embalsamava os ares.

    Era dos seres a harmonia imensa,
    Vago concerto de saudade infinda!
    "Sol — não me deixes", diz a vaga extensa,
    "Aura — não fujas", diz a flor mais linda;
    Era dos seres a harmonia imensa!

    "Leva-me! leva-me em teu seio amigo"
    Dizia às nuvens o choroso orvalho,
    "Rola que foges", diz o ninho antigo,
    "Leva-me ainda para um novo galho...
    Leva-me! leva-me em teu seio amigo."

    "Dá-me inda um beijo, antes que a noite venha!
    Inda um calor, antes que chegue o frio. . . "
    E mais o musgo se conchega à penha
    E mais à penha se conchega o rio...
    "Dá-me inda um beijo, antes que a noite venha!"

    E tu no entanto no jardim vagavas,
    Rosa de amor, celestial Maria...
    Ai! como esquiva sobre o chão pisavas,
    Ai! como alegre a tua boca ria...
    E tu no entanto no jardim vagavas.

    Eras a estrela transformada em virgem!
    Eras um anjo, que se fez menina!
    Tinhas das aves a celeste origem.
    Tinhas da lua a palidez divina,
    Eras a estrela transformada em virgem!
     
    Flor! Tu chegaste de outra flor mais perto,
    Que bela rosa! que fragrância meiga!
    Dir-se-ia um riso no jardim aberto,
    Dir-se-ia um beijo, que nasceu na veiga...
    Flor! Tu chegaste de outra flor mais perto! ...

    E eu, que escutava o conversar das flores,
    Ouvi que a rosa murmurava ardente:
    "Colhe-me, ó virgem, — não terei mais dores,
    Guarda-me, ó bela, no teu seio quente..."
    E eu escutava o conversar das flores.

    "Leva-me! leva-me, ó gentil Maria!"
    Também então eu murmurei cismando...
    "Minh'alma é rosa, que a geada esfria...
    Dá-lhe em teus seios um asilo brando...
    "Leva-me! leva-me, ó gentil Maria!..."

    Castro Alves



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






     

     

    Amor!

     

    Todos nós sentimos e falamos de um substantivo masculino que se define como: afeição que nos impele para o objeto dos nossos desejos; inclinação da alma e do coração; objeto da nossa afeição; e muitas outras definições que certamente cada um de nós saberia gramaticalmente defini-lo ou conjugá-lo em todo tempo, sendo presente, passado ou futuro. Quanto ao substantivo masculino, o amor muda de pessoa para pessoa, com intensidade e sentimentos diferentes, podemos falar que é o melhor que podemos sentir.  É algo doce e puro, sem maldade, apenas o prazer da companhia nos faz felizes. Na sua primeira fase, o amor é tipo botão de rosa que à medida que recebe chuva e sol, vai abrindo e vai formando uma linda flor, tal como a pessoa amada transforma nosso coração quando se trata de amor. O amor é a alegria que quando parte se torna saudade, é o beijo de paz, substituindo a maldade, é a lágrima que molha o rosto de felicidade, o grito momentâneo revelando o amor, que saudade. É o suspiro que desperta na madrugada, o sereno que ecoa a noite calada, é quem faz do fim a esperança, e quando vai embora penetra em cada lembrança.  O amor nos faz sorrir, ver e sentir a alegria de viver. Faz-nos em campos verdejantes correr para alcançar a paz interior como também a exterior. Faz alegrar os descontentes, aliviar as dores nas mentes que a todos um dia nos possuem e maleficamente nos destroem, sem dó nem piedade. Mas, temos de tentar alcançar a felicidade. Temos de saber dar a volta por cima e fortalecer a nossa auto-estima, o amor nos faz continuar e não saber quem somos, mas sabemos aquilo que nos perturba, que nos faz tropeçar. E assim, se amamos alguém, não vamos deixar para mostrar este amor depois, pois o depois poderá ser tarde. Se amamos de verdade, não falemos simplesmente, estejamos ao lado sempre, pois juntos, dividiremos e superaremos as adversidades do dia-a-dia. Não espere ser chamado para um passeio, tome a iniciativa e faça uma surpresa leve para qualquer lugar, pois por mais simples que seja o mais importante, será ao lado da pessoa amada sempre estar. Se me sentires triste, não digas não fique assim, brinque, conte uma piada e tente arrancar aquele sorriso dos lábios, fazendo esquecer, pelo menos, naquele momento, o que estiver doendo na alma. Não tente ajudar no que for possível, mostre que está tentando o impossível, pois para quem ama, o impossível é pouco, mas vale sempre a intenção, e jamais esquecer que um dia, você pelo menos tentou. Não diga simplesmente "Eu Te Amo", jamais mostre este amor apenas com palavras. Pois as palavras, o vento as leva. Vamos demonstrar o amor com toda a capacidade de amar, com gestos, carinhos, e principalmente com atitudes mais inesperadas que surpreendam e até roubam algumas lágrimas, lágrimas estas de felicidade, pois agindo assim demonstramos que amamos de verdade. E se você está procurando um amor, transcrevo abaixo parte de um poema  que nos faz refletir com responsabilidade sobre o amor.

     

     

    “Procure os seus caminhos,

    Mas não magoe ninguém nessa procura.
    Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
    Não se acostume com o que não o faz feliz,

    Revolte-se quando julgar necessário.
    Alague seu coração de esperanças,

    Mas não deixe que ele se afogue nelas.
    Se achar que precisa voltar, volte!
    Se perceber que precisa seguir, siga!
    Se estiver tudo errado, comece novamente.
    Se estiver tudo certo, continue.
    Se sentir saudades, mate-a.
    Se perder um amor, não se perca!
    Se o achar, segure-o!”
    (Fernando Pessoa)

     

     

    Pequeninha, eu estou tentando não me perder, se magoei me perdoe, mas pode estar certa que estou tentando segurar esse pássaro que teima em voar e não mais voltar com medo de amar. Tenha todos vocês uma semana com muita paz, saúde e luz, e lógico com muito amor no coração. Fiquem em paz na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem