::UM POUCO DE MIM::

Sombradosol


Sou um homem que a minha história de vida tem pouco de mim e muito dos outros. Ela está fragmentada no olhar dos que me olham, na voz dos que me falam, no enredo dos que me narram, nos sentimentos dos que me amam, nas flores que cultivo ao longo de minha caminhada. E como a vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas. Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos





PRESENTINHO PELOS 10000VISITAS AO MEU BLOG,SOMBRA DO SOL AGRADECE A TODOS OS AMIGOS







::AWARD::








Destaque blog do ano de 2007

Sombradosol





::PARTICIPO::

Sombradosol



 




::BLOGS QUE VISITO::


Sombradosol


  • ::Amigosdabloglosfera::
  • ::Afueravivianacanosa::
  • ::Aguas vivas::
  • ::Aliciante::
  • ::Amigona sempre::
  • ::Amizades e flores::
  • ::Assuntos etc::
  • ::Belas coisas da vida::
  • ::Blairponjinha::
  • ::Bloggdaro::
  • ::Blog do Ronald::
  • ::Blog entre amigos::
  • ::
  • Blue rosa::
  • ::Boas-energias::
  • ::Borboleta azul da noite::
  • ::Borboletakaka::
  • ::Bruna-testandotudo::
  • ::Caderninho-da-lucia::
  • ::Cadinhoroco::
  • ::Cantinho aconchegante::
  • ::Cantinho caro::
  • ::Cantinho da bibiu::
  • ::Canto-da-sol::
  • ::Cara-nova::
  • ::Casal de lobos3::
  • ::Casinha da luci::
  • ::Clarins da alvorada::
  • ::Daysbypati::
  • ::Deteshalom2::
  • ::Dvanircatunda::
  • ::Edi_suely::
  • ::Elane-rebelo::
  • ::Enfdocinho::
  • ::Espiritizar::
  • ::Evr.russo::
  • ::Eu eo renascer das cinzas::
  • ::Fadinha.cintilante::
  • ::Fascinius angels::
  • ::Flavia vivendo em coma::
  • ::Fonte amor::
  • ::Gotinhas de luz2::
  • ::Gracielaroth::
  • ::Helpsmimostar::
  • ::Iuminando nossos dias::
  • ::Jardim das flores::
  • ::Kaferoceiro::
  • ::Kekko::
  • ::Konoyaro::
  • ::Lavanderia virtual::
  • ::Leticia lo coelho::
  • ::Lua em poemas
  • ::Luz de luma::
  • ::Mariana::
  • ::Marlames::
  • ::Marymix::
  • ::Musicas do coracao::
  • ::Nadja::
  • ::Ne musicas do coracaoidecs::
  • ::O apanhador desonhos::
  • ::Ocanto da sol::
  • ::Osuivosdaloba::
  • ::Palavras soltas ao luar::
  • ::Paraler e pensar::
  • ::Pegasus cavalo alado::
  • ::Pensamentos e fotos::
  • ::Planeta da luanna::
  • ::Pmauriciosilva::
  • ::Recantodoamor1::
  • ::Reissmc-es::
  • ::Ressacadihomi::
  • ::Ro.kitabayashi::
  • ::Rosacc60::
  • ::Samuelrolo::
  • ::Sex-appeal::
  • ::Solhoffmann::
  • ::Sombrasdesilencio::
  • ::Soninhafashion::
  • ::Srferreira::
  • ::Stylos13::
  • ::Sulamemacedo::
  • ::Tocadojens
  • .

    .





    ::Histórico::


    - 29/07/2018 a 04/08/2018
    - 13/03/2016 a 19/03/2016
    - 14/02/2016 a 20/02/2016
    - 23/01/2011 a 29/01/2011
    - 02/01/2011 a 08/01/2011
    - 26/12/2010 a 01/01/2011
    - 19/12/2010 a 25/12/2010
    - 12/12/2010 a 18/12/2010
    - 05/12/2010 a 11/12/2010
    - 27/12/2009 a 02/01/2010
    - 23/08/2009 a 29/08/2009
    - 26/07/2009 a 01/08/2009
    - 19/07/2009 a 25/07/2009
    - 19/04/2009 a 25/04/2009
    - 08/03/2009 a 14/03/2009
    - 16/11/2008 a 22/11/2008
    - 09/11/2008 a 15/11/2008
    - 02/11/2008 a 08/11/2008
    - 27/07/2008 a 02/08/2008
    - 22/06/2008 a 28/06/2008
    - 11/05/2008 a 17/05/2008
    - 20/04/2008 a 26/04/2008
    - 13/04/2008 a 19/04/2008
    - 06/04/2008 a 12/04/2008
    - 30/03/2008 a 05/04/2008
    - 23/03/2008 a 29/03/2008
    - 16/03/2008 a 22/03/2008
    - 09/03/2008 a 15/03/2008
    - 02/03/2008 a 08/03/2008
    - 24/02/2008 a 01/03/2008
    - 17/02/2008 a 23/02/2008
    - 10/02/2008 a 16/02/2008
    - 03/02/2008 a 09/02/2008
    - 27/01/2008 a 02/02/2008
    - 20/01/2008 a 26/01/2008
    - 13/01/2008 a 19/01/2008
    - 06/01/2008 a 12/01/2008
    - 30/12/2007 a 05/01/2008
    - 23/12/2007 a 29/12/2007
    - 16/12/2007 a 22/12/2007
    - 09/12/2007 a 15/12/2007
    - 02/12/2007 a 08/12/2007
    - 25/11/2007 a 01/12/2007
    - 18/11/2007 a 24/11/2007




    Outros sites:

    - UOL - O melhor conteúdo
    - BOL - E-mail grátis


    Votação:

    - Dê uma nota para meu blog


    Indique esse Blog


    eXTReMe Tracker
    online



    Código html:
    Cristiny On Line



    Devido minha falta de tempo não tenho feito visitas aos blogs que tanto gosto, mesmo assim sempre que sobra um tempinho eu as faço, e ontem não foi diferente. Fui a dois blogs, e um deles o texto Em Busca da Plenitude, prendeu minha atenção. Falava de paixão, droga, ciúmes, amor e sexo, e não sei o porquê veio à mente uma equação de difícil solução. Como podemos pensar que amor, uma palavra tão doce e meiga de ser pronunciada e que tanto nos faz bem, ser comparado com droga. Na mistura de tantas palavras explosivas, só pode ter como resultado uma droga letal. Trágico não? Quando falamos que um relacionamento além dos quesitos de praxe tem que existir a química, será que é a tal droga? Quando não sabemos bem como justificar um inesperado comportamento sentimental há uma palavra que é sempre chamada em jeito de explicação: “química”. Afinal, no senso comum, a química remete para uma ciência um tanto quanto misteriosa, que lida com matérias quase transcendentes. Mas será ela a culpada por todas as loucuras cometidas em nome do amor e do prazer? Sendo assim, a palavra química dá-nos imenso jeito porque serve para explicar tudo. Afinal, ninguém tem culpa de nada, foi a química. Até podemos dizer que foi a química, pois a atração é algo que é muito fácil de reconhecer, mas muito difícil de explicar.  Quando a paixão avassaladora funciona, em termos evolutivos, enquanto garantia de propagação da espécie, pois a atração e o desejo pelo outro é tão fulminante que acaba em contacto sexual, como o texto que li. No meu entender isto não passa de um instinto humano. Há um impulso incontrolável para a relação, derivado de mudanças em termos químicos. Normalmente, nos aproximamos de alguém com atitudes, expectativas e interesses paralelos, crescemos num mar de experiências que moldam as nossas escolhas românticas. Milhares de forças penetrantes e invisíveis constroem os nossos interesses, valores e crenças amorosas. Quando encontramos alguém que encaixe nesse complexo, o mecanismo da atração química que tanto somos viciados nos desperta. E essa droga viciante à medida que o tempo passa, o que se sente atraído quer cada vez mais a outra pessoa, ao ponto de ser tomado pelo desejo incontrolável e acabar a fazer coisas impensáveis, gerando assim o ciúme. ?  O primeiro crime da história da humanidade teve como pano de fundo o ciúme. Quando Caim matou Abel, o fez envenenado pelo ciúme. Ao longo da história da humanidade o ciúme tem destruído lares, rompido com amizades, acabado com laços familiares, e invariavelmente não tem sido tratado com a devida atenção. Quem sente ciúmes duvida de tudo e de todos, exaspera-se, quem é ciumento(a) tem medo de perder. As pessoas ciumentas são como todos nós, nossos vizinhos e parentes, talvez com uma diferença: sofrem e muito pelos seus comportamentos e atitudes. Alguns dizem que o ciúme é o amor possessivo. Não acredito. O amor jamais é possessivo. Daí quando há uma ruptura inesperada, pode surgir a depressão. Se existe uma relação de dependência e de repente, falta o objeto de adição, é quase como a síndrome de privação de um dependente em drogas. Falta ali qualquer coisa que impede a pessoa de fazer o seu dia-a-dia normalmente. Isso está ligado aos níveis químicos no nosso cérebro. Os sintomas podem ser confusos, é difícil saber se o vício se instalou ou não. È difícil perceber se o limite saudável de uma relação está sendo ultrapassado devido á questão cultural de que em qualquer relacionamento amoroso, principalmente no início, é normal amar exageradamente, demonstrar-se o amor de forma apaixonada e com um fulgor inaudito. É como o consumo de álcool ou tabaco, que é uma droga aceitável e consumida socialmente. No começo a pessoa bebe ou fuma e não percebe nada porque está dentro do normal, com o passar do tempo vida do indivíduo começa a girar em torno disso e este não percebe que está passando do limite. O Individuo torna-se impulsivo e compulsivo devido ao vício. Não existem campanhas publicitárias para alertar para o risco de amar em excesso. Na verdade, o Amor parece ser sempre fluido e transparente e invariavelmente quando se segue esse fluxo os nossos sentidos ficam sempre confusos. È como se estivesse preso numa corrente magnética que nos obriga a ir em direção aos braços do outro sempre que os olhos sentem a sua presença. A abençoada e poderosa atração, com a sua força tamanha, impedem a fuga e fica-se rendido perante esta estranha dominação dessa paixão. A paixão quando os pensamentos são opostos, o caminho mais fácil é substituir a pessoa por outra, não existe paciência para dar um tempo e tentar descobrir os pontos em comum. A paixão pode tornar-se uma obsessão, algo tão forte que foge do nosso controle, a conseqüência é um ciúme desmedido. No AMOR você tem vontade de estar perto da pessoa amada 24 horas por dia, mas sem pressão, de uma forma mais doce e amável, tudo acontece naturalmente, há confiança mútua.  Na Primeira Epistola de Paulo aos Corintios no Capitulo 13 nos mostra que o amor é dom supremo. Portanto o amor não se ensoberbece, não é vaidoso, orgulhoso. O amor se conduz convenientemente. O amor não procura seus interesses, a pessoa que ama, nunca procura seus próprios interesses. O amor não se exaspera, fica irritado, emburrado facilmente. O amor não se ressente do mal, perdoa facilmente, não lembram brigas passadas. O amor não se alegra com a injustiça, justifica seus erros. O amor alegra-se com a verdade, custe o que custar, a verdade lhe trás alegria. O amor tudo sofre, o amor tudo crê, confia no sentimento um do outro. O amor tudo espera. O amor tudo suporta. Salomão, filho de Davi, foi considerado por Deus, o homem mais sábio de todos os tempos. Este, além de seus feitos, escreveu diversas crônicas, poesias e provérbios que volta e meia utilizamos em nosso dia a dia, muitas vezes sem percebermos. O Capítulo 4 do livro de Eclesiastes nos versos de 9 a 12 serve-nos de exemplo, quando vemos Salomão nos falar do valor de um relacionamento amigável entre duas pessoas que tem propósitos e alvos definidos. E assim vamos seguir os ensinamentos do livro que direciona nossas vidas.  “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor” 1º Coríntios 13:13. Fiquem em paz, na minha paz..

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






    O querer é uma busca constante que suavemente me faz refletir, discutir e ouvir o que mais me fascina. Vou ao encontro do imaginário que permeia novos encantos, aumentando mais e mais a vontade de saber. Ultimamente tenho recebido algumas criticas via e-mail sobre o que venho postando, cheguei pensar em parar e abandonar o blog. Daí minha necessidade de saber e aprender sobre o ser humano, principalmente sobre amizade. Na minha opinião a amizade é um tipo de união afetiva que se baseia na comunicação, no apoio mutuo, na compreensão, no carinho e na absoluta harmonia entre as pessoas. Existe amizade verdadeira em nossos dias? É uma pergunta indubitavelmente muita difícil de ser respondida pelas bases frágeis em que se alicerçam muitas amizades. Ter amigos nos serve de conforto, pois que em caso de necessidade é o primeiro a nos dar ajuda e consolo, o amigo certo se reconhece numa situação incerta. Não devemos entender por amizade a posse, assim como o direito de exigir ou obrigar o amigo a atender os nossos caprichos, porém, dar-lhe liberdade e apoio mutuo, em caso contrário não é verdadeira amizade, mas sim uma mescla de dominação e possessão. O amor verdadeiro é um sentimento liberto de todo e qualquer compromisso de ficar submisso ao outro. Todos necessitam dar e receber amor, é uma capacidade de índole superior da qual o ser humano está instintivamente dotado desde que é um animal social por excelência e que constitui uma necessidade, já que uma existência sem amor supõe um vazio.  Ao longo da vida estabelecemos numerosas relações interpessoais com a reciprocidade de nossos afetos de uma forma mais ou menos intensa, dependendo da afinidade que sentimos por essas pessoas, da intensidade e freqüência de relação e de reciprocidade afetiva que dividimos com eles. De forma mais o menos inconsciente, damos afeto à pessoa que nos é cara e é evidente que esta pessoa retribua com carinho estabelecendo-se um vínculo afetivo que é a amizade. Infelizmente nem sempre isso ocorre porque junto com a amizade caminha a ingratidão e sem querer o que era rico em dádiva recíproca transforma-se em desafeto que causam muitas mágoas e decepções. Cada pessoa tem sua própria percepção de mundo, um universo próprio tão diferente da outra como as impressões digitais. Mas, entre duas individualidades pode existir algo em comum, onde a percepção é a mesma. Isso gera uma terceira entidade, o "Nós", pois nesse espaço-tempo as percepções são semelhantes tanto para o "eu" como para o "você." Este é o terreno fértil para que germine a amizade, o companheirismo, o amor, e a cumplicidade. Mas será que nos damos conta dele, ou estamos existindo e não vivendo, e o pior, não sabendo a diferença entre o existir e o viver? Ou vivendo por inércia? Extrapolando o passado para o futuro, meros coadjuvantes num palco montado por nossa cegueira proposital? Não enxergando as rosas à frente e até as pisando? Desejando tocar em sua beleza, mas afastando-se por causa dos espinhos? Será que nos damos conta disto? Aceitamos este terreno fértil, ou o evitamos, porque os terrenos férteis são fofos e deixam rastros. Deste terreno fértil, brota um sentimento forte, uma emoção forte, intraduzível por palavras, impossível de dizer-se por meros vocábulos. Sentimentos e emoções são intraduzíveis pelos substantivos ou adjetivos que tentam defini-los, e então conto histórias numa tentativa de definição, ou melhor, de compreensão, pois só compreendemos o que podemos definir o que acontece conosco e com os outros, procurando identificar este terreno fértil. Penso se não cabe numa palavra, pode caber numa história e assim vou tentando definir sentimentos e emoções, de carinho, amor e amizade, somos criaturas do Criador, sentimos a mesma dor, cessem esse cruel desamor em nome da amizade e do amor. Fiquem em paz na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem