::UM POUCO DE MIM::

Sombradosol


Sou um homem que a minha história de vida tem pouco de mim e muito dos outros. Ela está fragmentada no olhar dos que me olham, na voz dos que me falam, no enredo dos que me narram, nos sentimentos dos que me amam, nas flores que cultivo ao longo de minha caminhada. E como a vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas. Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos





PRESENTINHO PELOS 10000VISITAS AO MEU BLOG,SOMBRA DO SOL AGRADECE A TODOS OS AMIGOS







::AWARD::








Destaque blog do ano de 2007

Sombradosol





::PARTICIPO::

Sombradosol



 




::BLOGS QUE VISITO::


Sombradosol


  • ::Amigosdabloglosfera::
  • ::Afueravivianacanosa::
  • ::Aguas vivas::
  • ::Aliciante::
  • ::Amigona sempre::
  • ::Amizades e flores::
  • ::Assuntos etc::
  • ::Belas coisas da vida::
  • ::Blairponjinha::
  • ::Bloggdaro::
  • ::Blog do Ronald::
  • ::Blog entre amigos::
  • ::
  • Blue rosa::
  • ::Boas-energias::
  • ::Borboleta azul da noite::
  • ::Borboletakaka::
  • ::Bruna-testandotudo::
  • ::Caderninho-da-lucia::
  • ::Cadinhoroco::
  • ::Cantinho aconchegante::
  • ::Cantinho caro::
  • ::Cantinho da bibiu::
  • ::Canto-da-sol::
  • ::Cara-nova::
  • ::Casal de lobos3::
  • ::Casinha da luci::
  • ::Clarins da alvorada::
  • ::Daysbypati::
  • ::Deteshalom2::
  • ::Dvanircatunda::
  • ::Edi_suely::
  • ::Elane-rebelo::
  • ::Enfdocinho::
  • ::Espiritizar::
  • ::Evr.russo::
  • ::Eu eo renascer das cinzas::
  • ::Fadinha.cintilante::
  • ::Fascinius angels::
  • ::Flavia vivendo em coma::
  • ::Fonte amor::
  • ::Gotinhas de luz2::
  • ::Gracielaroth::
  • ::Helpsmimostar::
  • ::Iuminando nossos dias::
  • ::Jardim das flores::
  • ::Kaferoceiro::
  • ::Kekko::
  • ::Konoyaro::
  • ::Lavanderia virtual::
  • ::Leticia lo coelho::
  • ::Lua em poemas
  • ::Luz de luma::
  • ::Mariana::
  • ::Marlames::
  • ::Marymix::
  • ::Musicas do coracao::
  • ::Nadja::
  • ::Ne musicas do coracaoidecs::
  • ::O apanhador desonhos::
  • ::Ocanto da sol::
  • ::Osuivosdaloba::
  • ::Palavras soltas ao luar::
  • ::Paraler e pensar::
  • ::Pegasus cavalo alado::
  • ::Pensamentos e fotos::
  • ::Planeta da luanna::
  • ::Pmauriciosilva::
  • ::Recantodoamor1::
  • ::Reissmc-es::
  • ::Ressacadihomi::
  • ::Ro.kitabayashi::
  • ::Rosacc60::
  • ::Samuelrolo::
  • ::Sex-appeal::
  • ::Solhoffmann::
  • ::Sombrasdesilencio::
  • ::Soninhafashion::
  • ::Srferreira::
  • ::Stylos13::
  • ::Sulamemacedo::
  • ::Tocadojens
  • .

    .





    ::Histórico::


    - 13/03/2016 a 19/03/2016
    - 14/02/2016 a 20/02/2016
    - 23/01/2011 a 29/01/2011
    - 02/01/2011 a 08/01/2011
    - 26/12/2010 a 01/01/2011
    - 19/12/2010 a 25/12/2010
    - 12/12/2010 a 18/12/2010
    - 05/12/2010 a 11/12/2010
    - 27/12/2009 a 02/01/2010
    - 23/08/2009 a 29/08/2009
    - 26/07/2009 a 01/08/2009
    - 19/07/2009 a 25/07/2009
    - 19/04/2009 a 25/04/2009
    - 08/03/2009 a 14/03/2009
    - 16/11/2008 a 22/11/2008
    - 09/11/2008 a 15/11/2008
    - 02/11/2008 a 08/11/2008
    - 27/07/2008 a 02/08/2008
    - 22/06/2008 a 28/06/2008
    - 11/05/2008 a 17/05/2008
    - 20/04/2008 a 26/04/2008
    - 13/04/2008 a 19/04/2008
    - 06/04/2008 a 12/04/2008
    - 30/03/2008 a 05/04/2008
    - 23/03/2008 a 29/03/2008
    - 16/03/2008 a 22/03/2008
    - 09/03/2008 a 15/03/2008
    - 02/03/2008 a 08/03/2008
    - 24/02/2008 a 01/03/2008
    - 17/02/2008 a 23/02/2008
    - 10/02/2008 a 16/02/2008
    - 03/02/2008 a 09/02/2008
    - 27/01/2008 a 02/02/2008
    - 20/01/2008 a 26/01/2008
    - 13/01/2008 a 19/01/2008
    - 06/01/2008 a 12/01/2008
    - 30/12/2007 a 05/01/2008
    - 23/12/2007 a 29/12/2007
    - 16/12/2007 a 22/12/2007
    - 09/12/2007 a 15/12/2007
    - 02/12/2007 a 08/12/2007
    - 25/11/2007 a 01/12/2007
    - 18/11/2007 a 24/11/2007




    Outros sites:

    - UOL - O melhor conteúdo
    - BOL - E-mail grátis


    Votação:

    - Dê uma nota para meu blog


    Indique esse Blog


    eXTReMe Tracker
    online



    Código html:
    Cristiny On Line



    Costumo falar que sempre procuro meditar, seja lendo um texto, um livro, ou mesmo antes de dormir. Pois aprendi que assim agindo, eu aquieto a mente, voltando-a para o interior, onde descubro o Ser interior, fonte de toda a vida, criatividade, paciência, compaixão, bondade, compreensão, coragem, sabedoria, entusiasmo e amor. A meditação nos faz fortes, eficientes, competentes, corajosos, independentes e livres. Tais qualidades conduzem ao sucesso em todas as áreas da vida tanto material como espiritual, à medida que vamos meditando aprendemos a comandar nossa vida, despertamos o amor dentro de nós, conseguimos a união perfeita da mente e do coração, e assim unimos corpo, mente e espírito. Durante a meditação, mudamos a freqüência das ondas cerebrais e mentais que se acalmam, sentimos o que é paz de espírito e serenidade interior e isto é contagiante. Tanto que consigo passar, e porque não, ajudar pessoas, tanto no real como no virtual, transmitindo tranqüilidade e fé. E assim vou contribuindo para a paz, com um coração mais pacífico, espalhando harmonia e compreensão. Portanto, para que se alcance a paz, temos que tratar o problema, antes de tudo, como uma questão de princípios, a paz advém de um estado  interior apoiado por   uma  atitude  espiritual  ou  moral, e é principalmente  através da  evocação  dessa atitude que se pode chegar á possibilidade de soluções duradouras.  Problemas todos nós temos. Temos que saber não oferecer resistência e nem ficarmos tristes. Houve um tempo em que eu fazia o impossível para evitar a tristeza, e quando isso acontecia, discutíamos, eu e a tristeza, demoradamente, foi uma experiência desgastante. Aprendi com minhas meditações que o melhor a fazer é deixá-la seguir seu curso. Agora, sequer dialogamos, ela entra, e quando me dou por conta, ela partiu, sem arroubos e sem deixar rastros, cumpriu sua missão sem afetar minha vida. Hoje, problemas do passado também me visitaram. Não vieram pelo telefone porque palavras pronunciadas ativam as emoções apenas no momento e depois se perdem difusas, levadas pela brisa. Vieram pelo correio, impressos em papel e letras de baixa qualidade, anunciando sua perenidade, sua condição de fantasmas eternos até que sejam exorcizados. Diante de tudo isso, não há como deixar de sentir-me impotentes nestes momentos. O mundo ao redor parece conspirar contra o bem, a estabilidade e o equilíbrio que tanto se persegue. O desânimo comparece estampado em ombros arqueados e olhos sem brilho, que pedem para derramar lágrimas de alívio. Então, choro, mesmo porque não agindo assim, as lágrimas endurecem no peito e o coração fica duro, outro dia li o dito popular, é saber o que fazer com cada limão, ou seja, de cada contrariedade que a vida nos apresenta, preparar uma limonada, saborosa, refrescante e agradável. Sempre falo que não adianta brigar com problemas. É preciso enfrentá-los para não ser destruído por eles, resolvendo-os. E rapidamente, de maneira certa ou errada, problemas são como bebês, só crescem se forem alimentados. Muitos deles resolve-se por si mesmos. Mas quando solucionamos de forma inadequada eles voltam, dão-nos uma rasteira e, aí sim, o anulamos corretamente. A felicidade, não é a ausência de problemas. A ausência de problemas é o tédio, e a felicidade é grandes problemas bem administrados. E a velocidade é tudo neste combate. Agir rápido é a palavra de ordem. Melhor do que ser preventivo é ser preditivo. Aprendi a aceitar a tristeza. Não o ano todo, mas apenas um dia, à luz dos ensinamentos de Victor Hugo. O poeta dizia que “tristeza não tem fim, felicidade, sim”. Penso que os dois são finitos e cíclicos. O segredo é contemplar as pequenas alegrias ao invés de aguardar a grande felicidade. E tudo isso serviu para ilustrar minha atitude cultivada ao longo dos anos diante das dificuldades, impostas ou auto-impostas, que enfrentei pelo caminho, transformando desânimo em persistência, descrédito em esperança, obstáculos em oportunidades, tristeza em alegria. Nós apreciamos o calor porque já sentimos o frio. Apreciamos a luz porque já estivemos no escuro. Apreciamos a saúde porque já fomos enfermos. Podemos, pois, experimentar a felicidade porque já conhecemos a tristeza. Olhe para o céu, agora, se é dia, o Sol brilha e aquece, se é noite, a Lua ilumina e abraça. E assim será novamente amanhã. E assim é feita a vida, de aprendizado do passado, vivenciando intensamente o presente, pois assim como o Sol e a Lua, o amanha a Deus pertence. Fiquem em paz, na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






    "...E terás confiança, porque haverá esperança; olharás ao redor de ti e repousarás seguro." Jó 11:18

    Hoje estava sem inspiração alguma para escrever, quando abri os comentários de minha página e relendo alguns, resolvi refletir sobre algo que foi proposto, e movido por um outro comentário fiquei analisando a vida. Fui ao dicionário buscar uma definição. ”Compaixão s. f., dor perante o mal alheio” entre outras definições. Compaixão é a atitude interior de sensibilidade pela dor, pela infelicidade e pelas dificuldades do outro, que conduz a um comportamento de apoio, de amparo e disposição para a animação das pessoas constantemente preocupadas, tristes e angustiadas. A compaixão é o resultado da mudança de comportamento gerada pelo conhecimento, que promovem experiências pessoais profundas da onipresença de Deus Amor. No nosso dia a dia  se repararmos e analisarmos a compaixão produz “milagres” na transformação de personalidades que sofrem desequilíbrios emocionais decorrentes de experiências negativas. Todos nós em algum momento agimos com compaixão,  amamos o próximo como a si mesmo, pois foi esse amor ao próximo que está me iluminando agora . A compaixão gera muita paz interior, tranqüilidade, segurança e sentimento perene de felicidade porque alimenta o desejo e a busca de conseguir fazer os outros felizes. Não que eu seja iluminado, mas tudo isso encaro como conseqüência da evolução espiritual. Evolução essa que faz florescer do nosso interior vários sentimentos e comportamentos construtivos, diferentes da maioria das pessoas. A compaixão surge como resultado da busca, de saciar a “fome” de Deus-Amor, inata no ser humano.  É bem verdade que muitas vezes passamos por situações para as quais parece não haver mais esperança, situações onde nos encontramos num beco sem saída. Nessas horas de tribulação, de provação e até mesmo de angústia e desespero, as circunstâncias parecem ser maiores que nós, e sentimo-nos derrotados, fracassados, impotentes e sem esperança. Foi assim com Jairo, quando recebeu a notícia de que era tarde demais, sua única filha havia morrido, e já não valia a pena Jesus ir até ela (Marcos 5:35). Foi assim com Marta, quando seu irmão Lázaro adoeceu e morreu quatro dias antes de Jesus chegar a Betânia (João 11:17). Foi assim com Jó, quando ele perdeu tudo o que tinha - bens, filhos e filhas, saúde, reputação (Jó 1 e 2)  numa sucessão de perdas quando até mesmo sua esposa e seus amigos se voltaram contra ele. Mas até mesmo nessas situações tão extremas, a guerra não esta perdida. Talvez ao longo da nossa caminhada com Deus, nós percamos algumas batalhas, mas nunca a guerra! O nosso general é Cristo.  Ele quem peleja por nós e nos dá a vitória. Jesus Cristo, a esperança da glória. É n'Ele que devemos colocar a nossa esperança e a nossa fé. Assim como Jairo, Marta e Jó devemos colocar nossa fé no Senhor e crer que nem tudo está perdido, e que apesar da adversidade das circunstâncias, "Ainda há esperança". "Porque há esperança para a árvore, pois mesmo cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus rebentos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e no chão morrer o seu tronco, ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como planta nova" (Jó 14: 7 - 9). Sim, devemos crer que ao cheiro das águas, viverá e dará frutos! Uma pequena fé num Deus Grande... firmados na promessa de que "seremos como árvore plantada junto a corrente de águas que, no devido tempo dá o seu fruto, cuja folhagem não murcha, e tudo quanto fizermos será bem sucedido" (Salmo 1:3). O Senhor está no controle. Ele tem um plano, e assim como Ele disse a Jairo, hoje Ele diz a você e a mim: "Não tenhas medo, confia em mim". Crer e confiar. E Jesus ordenou à filha de Jairo que se levantasse, e a menina logo saltou e começou a andar. "Ainda há esperança!" Marta sabia disso quando disse: "Senhor, se cá estivesses, o meu irmão não teria morrido. Mas eu sei que mesmo agora não é tarde demais, pois tudo o que pedirdes a Deus, Ele te dará" (Jo 11:20). Há um propósito para todas as coisas, inclusive para as nossas provações. Portanto,

    "Aquietai-vos e sabeis que Eu sou Deus" (Salmo 46:10). Fiquem em paz, na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






    Nem sempre tudo é bom, nem sempre tudo é ruim, mas basta sabermos aproveitar os dois momentos em nossa vida. Quando estamos com alguém e está bom, devemos valorizar isso, quando não estiver, saber a hora de dizer adeus, quando estivermos sozinhos, curtir cada momento de solidão, e saber que tudo vai melhorar. Vamos reagir a isso da melhor maneira possível, e não querendo sempre o que não temos, vamos querer o que temos, e batalhar para que seja cada vez melhor. E para ser melhor, independe de estar com alguém ou estar sozinho, depende somente de nós. Temos que saber curtir cada segundo da vida, é sentir que cada momento da nossa vida tem sua fase, e todas elas têm sempre, seu lado bom. Não podemos ter pressa, afobados, temos que deixar a vida seguir seu ciclo normal, não tem nada melhor do que sentir aquele friozinho na barriga, ter um brilho natural nos olhos, sentir a vida acontecendo, amar tudo de bom, e aprender com tudo de ruim que possa nos acontecer. Viver cada momento de nossa vida, momentos para sentirmos saudades um dia, e não sentir um vazio, sentir que perdeu tempo, e que poderia ter aproveitado muito mais. Temos que saber aproveitar esses momentos para fazermos uma auto-analise de nós mesmo. Como temos agido em nossas vidas? Será que o que acontece conosco não é reação de tudo o que temos feito? Quando alguém se aproxima de nós está por afinidade, se afinam com nossa sintonia, coisa estranha é a vida não? Quantas pessoas se aproximam e nem nos conhece? Mas quem disse que nossa sintonia não possa ser percebida inconscientemente por outras pessoas? Como uma sintonia de rádio, a qual sintoniza para ouvir a música que gostamos e nos identificamos. Assim funciona atração, e como as pessoas se aproximam de nós. De repente, reparamos que a mensagem que mandamos ao ar é o que nos aproxima, quando esta mensagem se modificar, ou seja, quando os nossos atos se modificarem, talvez passem a atrair pessoas diferentes das quais costumavam se aproximar. Pois todos nós somos mutantes e estamos sempre procurando mudar. Mudanças é sinal de crescimento e fazem parte do caminho da relação. É preciso, entretanto, distinguir as mudanças possíveis, das impossíveis. Quais seriam as mudanças impossíveis? Aquelas que nos tiram à alma, as que exigem que sejamos uma outra pessoa, as que nos fazem infeliz que nos fazem fingir, mentir, esconder. As que fazem com que sintamos culpa por sermos quem somos; as que nos fragilizam e nos deixam inseguros de poder fazer o outro feliz. É que, efetivamente, não podemos fazer o outro feliz, isto é uma mentira do amor. Podemos fazer alguém mais feliz, mas não, feliz; alguém mais infeliz, mas não, infeliz, por nossa culpa. Todo relacionamento tem problemas, a diferença é que devemos procurar juntos a solução para os problemas, quando eles surgem.E o que NÓS  podemos fazer? E não o que VOCÊ  pode e deve fazer. Se isto ocorre é porque um ou outro está sozinho, e cedo ou tarde a relação vai afundar, pois ela inexiste. A grande lástima é que nos afundamos junto. Primeiro nos afundamos, e quando não resta mais nada de nós mesmos, nenhuma força, respeito próprio, a relação afunda. Então ouvimos: Você não é a pessoa por quem me apaixonei! E não é mesmo, pois se perdeu de si, na procura do impossível. Temos que nos lapidar na vida, no trabalho, no amor. Nos lapidar enquanto cristal, brilhante. Qualquer coisa; não importa o que você está lapidando, porém depois de lapidado uma pedra de cristal continuará sendo um cristal, jamais poderá ser transformado em esmeralda! Sinta se está se lapidando para manter as suas qualidades, ou tentando transformar-se em outra coisa. Se for este o caso garanto-lhes, jamais conseguirá. Embora digamos que ninguém nos conhece, sempre nossas atitudes refletirão de alguma maneira em outras vidas e isso será transparente aos olhos da alma, aqueles que achamos que ninguém consegue ver. Fiquem em paz, na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem






    Quando escrevi o ultimo texto o fiz movido por um comentário que particularmente encarei como um desafio. Fui questionado sobre minha forma de pensar e agir, dai logo veio à mente e ser coerente com tudo que escrevo, penso e sou no meu dia a dia. Talvez poucos souberam interpretar minhas palavras, podendo ser constatado pelo numero de visitas na minha página e o numero de comentários, nunca um texto ficou tanto tempo postado e tão pouco comentado. Porque será? Não soube expor minhas idéias? Ficou complexo? Filosófico talvez?  Como tudo que faço eu faço por prazer, sempre procuro levar uma palavra de conforto e reflexão a todos que aqui passam, e que muito me envaidece quando leio que meu texto de certa forma serviu de ombro amigo, um porto onde a pessoa chegou e identificou-se com algo, e ancorou com suas angustias, tristezas, saudade e solidão. E analisando assim concluo que: No mínimo andamos na contramão e com uma contradição curiosa nas regras do universo, fazer o bem causa um prazer maior e muito mais intenso e duradouro que o prazer causado pelo mal. Porém, fazer o bem é mais difícil, mais demorado, mais doloroso a princípio e mais desafiador. Fazer o bem envolve renúncia. Temos que renunciar o prazer para alcançar um prazer maior. É algo contraditório, eu sei, mas é a verdade do que acontece. As pessoas não entendem esse prazer por não se deixarem tentar fazer. Será que Cristo, ao cuidar de pessoas que ninguém cuidaria amar pessoas que ninguém amaria, não sentiu prazer com isso? Será que porque ele ser Filho de Deus ele não merecia prazer, mas sim apenas sofrimento? Eu sinceramente discordo que ele não sentia prazer nas coisas que fazia. Talvez, tanto sentia prazer que por isso se manteve casto, como muitas crenças cristãs acreditam, e eu também acredito. Ele mostrou que buscar fazer o bem, é ser contrário ao mal que gera prazer, deixar de lado o prazer para assim irmos em busca de um prazer maior e mais duradouro, é algo que vale a pena. Ele mostrou para nossos olhos um prazer que é invisível para olhos que não buscam enxergar a verdade, que o prazer pelo prazer não gera boas coisas para nossas vidas. O estuprador, o assassino, o arrogante, o agressor, todos estes, trocam o espaço de seus pensamentos que deveriam ser para o prazer pelo remorso e pela auto- flagelação mental. O que sofre em buscar querer fazer o bem usa seu espaço da mente para o prazer de fato, que dura e é maior que o prazer instantâneo gerado pelo mal. O prazer do bem é difícil, porém maior. O prazer do mal é mais fácil, porém dura menos e tem efeitos colaterais que nos perseguirão por cada dia de nossas vidas.  O que você quer? Jesus, com seu exemplo de vida, nos dá a chance de largar para trás esses males que nos afligem, e nos faz entender o prazer proveniente do bem. Acredite que este prazer existe, e deixe seus olhos verem onde este prazer intenso, duradouro, verdadeiro e bom se encontrar. Com o tempo, você verá que fazer o bem é mais fácil que fugir do mal.  Vamos sentir prazer em tudo que fazemos e executamos, assim como estou sentindo agora digitando esse texto, o prazer não está em ler um livro, mas na sensação de estar aprendendo algo. Não está em ver o filme que ganhou o Oscar, mas na emoção que ele pode nos trazer. Não está em conquistar alguém, mas no encontro das almas. Está em tudo o que fazemos. Está no silêncio, no espírito, está menos na mão única e mais na contramão. O prazer está em sentir. Uma obviedade que merece ser resgatada antes que a gente comece a unir o útil com o útil, deixando o agradável pra lá. Quando soubermos absorver tudo isso pode estar certos que seremos felizes, e ser feliz é a maior prova de coragem nos dias de hoje. Fiquem em paz, na minha paz.

     



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem