::UM POUCO DE MIM::

Sombradosol


Sou um homem que a minha história de vida tem pouco de mim e muito dos outros. Ela está fragmentada no olhar dos que me olham, na voz dos que me falam, no enredo dos que me narram, nos sentimentos dos que me amam, nas flores que cultivo ao longo de minha caminhada. E como a vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas. Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos





PRESENTINHO PELOS 10000VISITAS AO MEU BLOG,SOMBRA DO SOL AGRADECE A TODOS OS AMIGOS







::AWARD::








Destaque blog do ano de 2007

Sombradosol





::PARTICIPO::

Sombradosol



 




::BLOGS QUE VISITO::


Sombradosol


  • ::Amigosdabloglosfera::
  • ::Afueravivianacanosa::
  • ::Aguas vivas::
  • ::Aliciante::
  • ::Amigona sempre::
  • ::Amizades e flores::
  • ::Assuntos etc::
  • ::Belas coisas da vida::
  • ::Blairponjinha::
  • ::Bloggdaro::
  • ::Blog do Ronald::
  • ::Blog entre amigos::
  • ::
  • Blue rosa::
  • ::Boas-energias::
  • ::Borboleta azul da noite::
  • ::Borboletakaka::
  • ::Bruna-testandotudo::
  • ::Caderninho-da-lucia::
  • ::Cadinhoroco::
  • ::Cantinho aconchegante::
  • ::Cantinho caro::
  • ::Cantinho da bibiu::
  • ::Canto-da-sol::
  • ::Cara-nova::
  • ::Casal de lobos3::
  • ::Casinha da luci::
  • ::Clarins da alvorada::
  • ::Daysbypati::
  • ::Deteshalom2::
  • ::Dvanircatunda::
  • ::Edi_suely::
  • ::Elane-rebelo::
  • ::Enfdocinho::
  • ::Espiritizar::
  • ::Evr.russo::
  • ::Eu eo renascer das cinzas::
  • ::Fadinha.cintilante::
  • ::Fascinius angels::
  • ::Flavia vivendo em coma::
  • ::Fonte amor::
  • ::Gotinhas de luz2::
  • ::Gracielaroth::
  • ::Helpsmimostar::
  • ::Iuminando nossos dias::
  • ::Jardim das flores::
  • ::Kaferoceiro::
  • ::Kekko::
  • ::Konoyaro::
  • ::Lavanderia virtual::
  • ::Leticia lo coelho::
  • ::Lua em poemas
  • ::Luz de luma::
  • ::Mariana::
  • ::Marlames::
  • ::Marymix::
  • ::Musicas do coracao::
  • ::Nadja::
  • ::Ne musicas do coracaoidecs::
  • ::O apanhador desonhos::
  • ::Ocanto da sol::
  • ::Osuivosdaloba::
  • ::Palavras soltas ao luar::
  • ::Paraler e pensar::
  • ::Pegasus cavalo alado::
  • ::Pensamentos e fotos::
  • ::Planeta da luanna::
  • ::Pmauriciosilva::
  • ::Recantodoamor1::
  • ::Reissmc-es::
  • ::Ressacadihomi::
  • ::Ro.kitabayashi::
  • ::Rosacc60::
  • ::Samuelrolo::
  • ::Sex-appeal::
  • ::Solhoffmann::
  • ::Sombrasdesilencio::
  • ::Soninhafashion::
  • ::Srferreira::
  • ::Stylos13::
  • ::Sulamemacedo::
  • ::Tocadojens
  • .

    .





    ::Histórico::


    - 13/03/2016 a 19/03/2016
    - 14/02/2016 a 20/02/2016
    - 23/01/2011 a 29/01/2011
    - 02/01/2011 a 08/01/2011
    - 26/12/2010 a 01/01/2011
    - 19/12/2010 a 25/12/2010
    - 12/12/2010 a 18/12/2010
    - 05/12/2010 a 11/12/2010
    - 27/12/2009 a 02/01/2010
    - 23/08/2009 a 29/08/2009
    - 26/07/2009 a 01/08/2009
    - 19/07/2009 a 25/07/2009
    - 19/04/2009 a 25/04/2009
    - 08/03/2009 a 14/03/2009
    - 16/11/2008 a 22/11/2008
    - 09/11/2008 a 15/11/2008
    - 02/11/2008 a 08/11/2008
    - 27/07/2008 a 02/08/2008
    - 22/06/2008 a 28/06/2008
    - 11/05/2008 a 17/05/2008
    - 20/04/2008 a 26/04/2008
    - 13/04/2008 a 19/04/2008
    - 06/04/2008 a 12/04/2008
    - 30/03/2008 a 05/04/2008
    - 23/03/2008 a 29/03/2008
    - 16/03/2008 a 22/03/2008
    - 09/03/2008 a 15/03/2008
    - 02/03/2008 a 08/03/2008
    - 24/02/2008 a 01/03/2008
    - 17/02/2008 a 23/02/2008
    - 10/02/2008 a 16/02/2008
    - 03/02/2008 a 09/02/2008
    - 27/01/2008 a 02/02/2008
    - 20/01/2008 a 26/01/2008
    - 13/01/2008 a 19/01/2008
    - 06/01/2008 a 12/01/2008
    - 30/12/2007 a 05/01/2008
    - 23/12/2007 a 29/12/2007
    - 16/12/2007 a 22/12/2007
    - 09/12/2007 a 15/12/2007
    - 02/12/2007 a 08/12/2007
    - 25/11/2007 a 01/12/2007
    - 18/11/2007 a 24/11/2007




    Outros sites:

    - UOL - O melhor conteúdo
    - BOL - E-mail grátis


    Votação:

    - Dê uma nota para meu blog


    Indique esse Blog


    eXTReMe Tracker
    online



    Código html:
    Cristiny On Line



    Hoje me deu uma enorme vontade de percorrer os rincões da minha alma. De perguntar por mim, de saber de mim. Em quais mares estariam navegando os meus sonhos? Quais promessas estariam hibernando na pauta da minha ilusão? Hoje me deu uma imensa vontade de me entregar para mim mesmo, assim sem reservas, mas será que tenho essa confiança em mim? Olho no espelho e vejo que estou trancafiado por dentro, preso por alguma condição cruel que recuso a descobrir, não sei se posso assim chamar, talvez eu sei, talvez não tenho certeza, mas não quero ver, não quero crer, recuso-me a acreditar. No fundo faço concorrência comigo e me falo numa língua desconhecida já com o propósito de não me entender. É tão difícil esse encontro comigo mesmo? É uma guerra invisível onde eu sempre perco. Covardia? Digo que é o destino, que ele já estava traçado e disso não se pode fugir. Verdade é, tenho medo do superlativo. Quando tudo começa a ficar muito bom eu desconfio, acho que não é pra mim, que não mereço que vou sofrer depois, e dou um passo para trás. O problema é pensar demais. E quando penso estrago tudo. No entanto, a outra parte de mim diz: quando penso, salvo tudo. Que incongruência! O nosso coração é enganoso. Não é a bíblia que diz isso? Ganhando ou perdendo sigo a pensar. Nem vou pensar muito agora, para não desistir de escrever ou para não pensar uma coisa nova demais, algo que eu não saiba manipular. Porque no fundo somos todos manipuladores. Aprisionamos as formas livres com o nosso ponto de vista limitado e fazemos disso verdade absoluta. Pior é que levamos outras pessoas a acreditarem, também, nas nossas teses. Aí vem aquela sensação fininha de culpa: será que estou me traindo? Ah, escrever é tão perigoso! Tenho medo das palavras novas. Tenho medo das palavras carregadas de significados. Queria escrever de forma clara. Queria estar vazio de mim mesmo e de todo o conhecimento que suponho ter. Queria aprender a me livrar deles. Mas a escrita ensina o contrário. É preciso ler, viajar, conhecer, acumular. Elementos, esses, essenciais na vida do ser humano. Provavelmente essa teoria é a mais coerente. Escrever, partindo do ponto mais profundo, seria escrever com o próprio sangue. Queria percorrer as cavernas de dentro de mim, mas não queria ir tão longe. Apenas queria conhecer as manifestações do coração. O tempo passa tão depressa e vai engolindo tudo, os amores, as dores, as sensações, o tempo ordena e continua. Então fica esse silêncio, esse frio hostil, essa sensação de perda. E por mais que tentemos nos agarrar com unhas e dentes ao que pensamos ter e ao que pensamos sentir, tudo o que não foi alimentado se vai e a gente, às vezes, nem se dá conta. Aí me lembro de uma frase de Pablo Neruda: "...o miserável ser humano defendendo seu miserável tesouro". Talvez por isso eu abri a porta do meu quarto, a janela, a persiana, liguei o computador que a muito tempo não ligo ou entro nesse aposento, quis tocar o dedo na poeira e saber de que vento se estabeleceram essas substâncias? Que tristeza me fez usar aquele luto, triste traje, dependurado atrás da porta. E aquelas lágrimas secas, de que pesar brotaram? Descobri que dentro de mim há uma estátua esculpida pelo esquecimento. Percebe-se nela o gasto sentimento que foi deixado para trás, o uso e desuso dos desejos, as pegadas dos pés, o toque dos dedos, coração na mão. As coisas do interno e do externo. Uma estátua com manchas, rugas, marcas de dentes, roída em alguma parte pelas lágrimas e suores e em outra parte, uma superfície suave de quem foi tocado pelo recurso do tato ou por um ato de arrebatado amor. Há uma estátua dentro de mim, um corpo morto, por onde corre o doce e vivíssimo rio da lembrança. Lembranças de você, minha pequininha. Fiquem em paz, na minha paz.



    - Postado por:Sombradosol



    envie esta mensagem